Pular para o conteúdo principal

Análise do Draft 2010 (parte 1)

O Draft desse ano teve bastantes surpresas e eu vou analisar cada escolha de cada time. Vou analisar hoje as 5 primeiras escolhas.

Washington Wizards: John Wall (PG), Kevin Seraphin (C), Trevor Booker (PF) e Hamady N'diaye.

O Washington escolheu o melhor jogador disponivel no draft. John Wall é um tremendo jogador, tem uma velocidade acima da média, dribla como poucos e ótimo em contra-ataques. O seu estilo de jogo é bem parecido com o Derrick Rose junto com o Westbrook. John Wall ainda não tem um bom arremesso de média e longa distancia.

A maior duvida da escolha é que se o Wall consegue jogar com o Gilbert Arenas. Os dois precisam da bola para jogar em alto nivel. Muitos especialistas falaram que provavelmente o Arenas vai ser trocado caso não dê certo.

O Washington ainda fez uma troca bem interessante. Conseguiram o Kirk Henrich e a 17 escolha em troca de quase nada. Com essa troca o Bulls ganhou espaço na folha salarial para assinar dois jogadores com contrato máximo e o Wizards deu mais um indício de que não precisa do Arenas para formar uma boa equipe.

Com a 17 escolha, o Wizards escolheu o francê Kevin Seraphin. Este jogador parece ser mais um daqueles jogadores que não vai durar muito na liga. O Wizards tambêm escolheu o Trevor Booker, alguns sites especializados em draft da NBA colocava ele como escolha de segundo round ou até fora do draft. Porém o Wizards fez questão de seleciona-lo.


Philadelphia 76ers: Evan Turner(SG/SF)

Evan Turner é um tipico jogador "Combo Guard0". É aquele jogador que pode jogar até em 3 posições diferente(PG, SG E SF). Evan Turner é bem parecido com o jogador do Blazers, Brandon Roy.

O 76ers ganhou um bom ataque de perímetro com Jrue Holiday, Evan Turner e Andre Iguodala. A maior duvida do 76ers era se draftasse o melhor jogador disponivel(Turner) ou um Ala-Pivô(nesse caso , Derrick Favors). Para mim o 76ers fez certo, deixou de escolher um Ala-Pivô duvidoso para escolher um jogador que certamente será um bom jogador.



New Jersey Nets: Derrick Favors(PF) e Damion James(SF)

O Nets draftou o melhor jogador que poderiam draftar. Favors ainda é novo(18-19 anos), mas já é um jogador muito bom, ele é um daqueles jogadores que combinam um pouco de tecnica com força. É bem dificil o Favors ser um jogador ruim, mas dificilmente será um Franchise player.

O Damion James veio de troca entre Hawks e Nets. James é um SF que pega bastante rebotes e tem boa impulsão, apenas isso. Provavelmente não vai durar muito na NBA, mas talvez ele seja um sexto homem para defender, pegar rebotes e dar algumas enterradas.


Minnesota Timberwolves: Wesley Johnson (SF), Lazar Hayward (SF) , Paulo "Paulão" Prestes (C) e Nemanja Bjelica (SF)

O minessota draftou uma cambada de jogadores e só 1 ou 2 que prestam. Wesley Johnson é um bom jogador, tem um bom chute de 3 e defende muito bem, mas não sabe quando infiltrar e quando arremessar e acaba deixando de fazer uma simples bandeja para poder dar mais um chute de 3.

Nemanja Bjelica, um bom ala sérvio que alguns scouts consideravam o melhor gringo desse draft e o outro é o brasileiro Paulão, um pivô muito forte de atuações de muito respeito na liga espanhola. O Paulão é bem parecido com o Perkins, os dois jogam usando a força bruta, não são muito alto para a posição. A única diferença entre os dois é que o paulão é melhor no ataque do que na defesa e o Perkins é melhor na defesa do que no ataque.


Sacramento Kings: DeMarcus Cousins (PF/C) e Hassam Whiteside (C)

Eu considero essa escolha uma das melhores. O Sacramento sempre foi sinônimo de garrafão fraco, antes havia o Spencer Hawes e Jason Thompson. O Kings trocou o Hawes para o 76ers e ganhou Dalembert, reboteiro e bem forte, e agora o Kings draftou 2 jogadores ótimos e bem fortes.

DeMarcus Cousin é um bom jogador, tem uma bela técnica debaixo do aro, tem um bom controle de bola. O pior do Cousin é que ele sempre teve problemas fora das quadras, por isso ele não foi o segundo ou terceiro no draft. Cousin é comparado com o Eddy Curry, por ser bom mas por preguiça, não usa a metade de sua habilidade.

Hassam Whiteside é um ótimo bloqueador e um bom reboteiro. Ele tem uma boa presença dentro do garrafão e é bem alto. Hassam provavelmente irá fazer as mesmas coisas que o Delabert, pegar rebote e dar toco.

Comentários

Marlon Santos disse…
WTF, o Dalembert foi pro Kings?
João Inácio disse…
sim, ele foi trocado pelo nacioni e hawes
João Inácio disse…
kkkkk teve altas trocas.... o melhor foi o bucks que esta ficando cada vez mais forte...nada que compara com o magic, mas tah forte

Postagens mais visitadas deste blog

Pessoal esse final de semana foi regularizar as postagens do blog. Postarei o resultado das ultimas partidas, o resumo completo do AllStarWeekend e a atualsituação do Orlando Magic na temporada. Não deixem de acompanhar o blog e também de visitar a nossa comunidade no Orkut.

Att Equipe Orlando Magic Brasil

Metas individuais do jogadores do Orlando Magic

Malik Allen: ''Eu tento manter meu corpo em sintonia, quero o melhor para ele. Todo dia venho para a arena focado para jogar e com a mente limpa, tentando melhorar a cada dia".
Ryan Anderson: ''Meu objetivo individual é ficar melhor na defesa, ficar mais confiante e consistente".
Gilbert Arenas:"Jogar de maneira inteligente e forte, isso basta".
Brandon Bass:"Quero ser capaz de cada jogo me olhar no espelho e dizer, eu dei tudo de mim".
Earl Clark: "Quero ser produtivo em quadra, e um bom companheiro para os outros membros da equipe".
Chris Duhon: "Para mim se todo partida eu puder jogar bem no ataque e na defesa, é isso que eu quero".
Dwight Howard: "Ganhar um campeonato, é isso".
Jameer Nelson: "Acredito que hoje em dia estou jogando um bom basquete, e quero continuar assim, bem comigo mesmo e elevar meu jogo a outro nível".
Daniel Orton: " Continuar concentrado em reabilitar meu joelho e vir com tud…

Orlando Magic 102 x 107 L.A Clippers

No dia 06 de Fevereiro o Orlando Magic recebeu em casa o Los Angeles Clippers, o time da Florida vinha de três vitorias seguidas e tudo indicava que mais uma estava por vir, mas não foi bem assim. Em uma partida super disputada com direito a "overtime" o Orlando levou a pior no tempo extra e perdeu por 107 x 102.
Chris Paul foi decisivo para a vitoria de LA, o armador marcou 27 pontos, pegou 7 rebotes e deu mais 8 passes para a cesta. Para o Orlando Magic Dwight Howard anotou 33 pontos e mais 14 rebotes. Os arremessos da linha de falta para o time visitante foi outro fator que contribuiu muito para a vitoria, dos 25 arremessados somente três foram erros.
Também destaque do time de Los Angeles Blake Griffin com 18 pontos e 10 rebotes e Billups com 18 pontos 3 rebotes e 3 assistências. Para Orlando Jason Richardson contribuiu com 20 pontos e Jamer Nelson com 15 pontos e 12 assistências.