Pular para o conteúdo principal

Análise do Draft 2010 (parte 4)

hoje, para tentar diminuir o número de times para a quinta parte, vou analisar 7 franquias do draft 2010.

Chicago Bulls: Trocou a escolha 17 + Kirk Hinrich + 3 milhões em dinheiro para o Wizards por uma escolha de 2ª rodada

O Chicago Bulls apenas trocou mais jogadores para abrir espaço na folha salarial. A grande jogada do Bulls foi trocar a escolha de primeira rodada, já que escolhas de primeira rodada tem contratos garantidos e as de segunda não.

O Bulls vai tentar de tudo para conseguir o Lebron, Wade ou Bosh, para formar uma equipe fortíssima para a proxima temporada

Oklahoma City Thunder: Cole Aldrich (C), Tibor Pleiss (C), Latavious Williams (PF) e Ryan Reid (PF)

O Thunder foi o que mais trocou e draftou no dia do draft. Draftaram o pivô Cole Aldrich que é um pivô defensivo, mas não é extremamente ruim no ataque. Com isso o Thunder concerta um grande defeito que tinha na temporada passada.

Tibor Pleiss é um pivô alemão muito jovem, muito magricelo que não deve dar muito impacto na equipe de imediato. Latavious Williams veio da D-League e provavelmente não conseguirá nem um contrato com o Thunder e Ryan Reid, segundo o site DraftExpress, é "o pior jogador já escolhido desde que o Draft da NBA só tem duas rodadas".

Boston Celtics:Avery Bradley (SG) e Luke Harangody (SF)

Boas escolhas ,mas não trará um impacto na equipe. Hangrody é um SF ou PF muito bom na NCAA, porém é muito baixo para a posição 4 e muito lento para a posição 3. Ele é famoso por sempre surpreender com a sua determinação.

Avery Brandley, se der certo, tem tudo para ser o que o Nate Robinson foi algumas vezes. Um cara para entrar no jogo, colocar o banco de reservas pra correr e pontuar com facilidade. Ele é bem rápido, sabe infiltrar e arremessar, marcando pontos de qualquer jeito.


San Antonio Spurs: James Anderson (SG) e Ryan Richards (PF)

O Spurs é famoso por draftar jogadores desconhecidos que dá certo na NBA, isso já aconteceu com o Tony Parker, Manu Ginobili, George Hill e Dejuan Blair. James Anderson não tem a altura ideal para jogar na posição 3, mas é um arremessador muito bom. Acertando arremessos e defendendo bem, já é tudo de que o Spurs precisa.

Ryan Richards é um ala inglês que ninguem acredita que vai dar certo, como é o Spurs que draftou, eu nunca vou colocar o Ryan como um pedaço de carne imprestável e que não vai dar certo na nba.


Portland Trail Blazers: Luke Babbitt (SF/PF), Elliot Williams (SG) e Armon Johnson (PG/SG)

Luke Babbitt veio de uma troca. Babbitt é um bom chutador, bom reboteiro e tem muita raça e vontade, pode fazer uma boa rotação na posição 3 com o Nicolas Batum e ainda jogar na posição 4.

O grande erro foi draftar 2 jogadores de perímetro, em vez de draftar jogadores de garrafão, o maior problema da equipe. O Blazers vai contar de novo com a saúde de "Olden", Juwan Howard e sua bengala(no sentido dele ser velho) , e o Joel Prizbilla.



Atlanta Hawks: Jordan Crawford (SG) e Pape Sy (SF)

Jordan Crawford, aquele que enterrou na cabeça do Lebron, é um bom jogador. Porém ele não vai ser muito útil já que seu estilo de jogo é parecido com o do seu xará Jamal Crawford.Ele pode criar arremessos para si mesmo em quase todas as posses de bola e é excelente em jogadas de isolação.

Pape Sy é um daqueles jogadores que ninguem entede como ele está no draft. Temporada passada foi o Christian Eyenga, que jogava no time B do DKV juventud e esse ano é o Pape Sy que jogava em um time ruim da França e tinha uma média de 14 minutos por jogo.

Orlando Magic: Daniel Orton (C) e Stanley Robinson (SF)

O Magic, junto com o Lakers, foi um dos que melhores escolheram jogadores em uma posição ruim no draft. O Magic draftou o pivô Daniel Orton , ele pode treinar com o Ewing e conseguir algumas dicas com o Howard. Orton é muito bom defensivamente e consegue dar tocos e pegar bastante rebote.

A maior sacada do Magic, ao draftar Orton, foi que agora o Orlando pode se dar ao luxo de trocar Marcin Gortat que está sendo muito cobiçado por outros times da NBA.

Stanley Robinson, um daqueles caras típicos de segunda rodada que tem um físico assustador, muita impulsão e força mas pouco talento nato para o basquete. Provavelmente será um Warrick da vida.

Comentários

Felipe disse…
Só espero que este Orton seja pelo menos parecido com o Gortat para poder trocar co polonês por alguém decente.
Algum rumor quanto a isto?

Abraço
João Inácio disse…
sim, o Magic vai tentar trocar o Gortat por algo, já que draftaram um pivo....mas hoje na summer league ele não fez muita coisa não
João Inácio disse…
e o Magic está procurando Raja Bell, Mike Miller e um montão de outros jogadores que chutam de 3 ou defendem bem.

Postagens mais visitadas deste blog

Metas individuais do jogadores do Orlando Magic

Malik Allen: ''Eu tento manter meu corpo em sintonia, quero o melhor para ele. Todo dia venho para a arena focado para jogar e com a mente limpa, tentando melhorar a cada dia".
Ryan Anderson: ''Meu objetivo individual é ficar melhor na defesa, ficar mais confiante e consistente".
Gilbert Arenas:"Jogar de maneira inteligente e forte, isso basta".
Brandon Bass:"Quero ser capaz de cada jogo me olhar no espelho e dizer, eu dei tudo de mim".
Earl Clark: "Quero ser produtivo em quadra, e um bom companheiro para os outros membros da equipe".
Chris Duhon: "Para mim se todo partida eu puder jogar bem no ataque e na defesa, é isso que eu quero".
Dwight Howard: "Ganhar um campeonato, é isso".
Jameer Nelson: "Acredito que hoje em dia estou jogando um bom basquete, e quero continuar assim, bem comigo mesmo e elevar meu jogo a outro nível".
Daniel Orton: " Continuar concentrado em reabilitar meu joelho e vir com tud…
Pessoal esse final de semana foi regularizar as postagens do blog. Postarei o resultado das ultimas partidas, o resumo completo do AllStarWeekend e a atualsituação do Orlando Magic na temporada. Não deixem de acompanhar o blog e também de visitar a nossa comunidade no Orkut.

Att Equipe Orlando Magic Brasil

Orlando Magic 102 x 107 L.A Clippers

No dia 06 de Fevereiro o Orlando Magic recebeu em casa o Los Angeles Clippers, o time da Florida vinha de três vitorias seguidas e tudo indicava que mais uma estava por vir, mas não foi bem assim. Em uma partida super disputada com direito a "overtime" o Orlando levou a pior no tempo extra e perdeu por 107 x 102.
Chris Paul foi decisivo para a vitoria de LA, o armador marcou 27 pontos, pegou 7 rebotes e deu mais 8 passes para a cesta. Para o Orlando Magic Dwight Howard anotou 33 pontos e mais 14 rebotes. Os arremessos da linha de falta para o time visitante foi outro fator que contribuiu muito para a vitoria, dos 25 arremessados somente três foram erros.
Também destaque do time de Los Angeles Blake Griffin com 18 pontos e 10 rebotes e Billups com 18 pontos 3 rebotes e 3 assistências. Para Orlando Jason Richardson contribuiu com 20 pontos e Jamer Nelson com 15 pontos e 12 assistências.